RITA ILHÉUDiretora de Imagem Fotográfica

    Tem como  lema de vida “dar valor às coisas, não pelo que valem, mas pelo que significam.

    Nasceu em Setúbal, e aos 3 anos de idade pede aos pais uma máquina fotográfica. Desde então  passa a observar os animais e a natureza através da lente.

    No Nordeste Brasileiro, lugar onde viveu até 2013, fotografava a flora e a fauna local, repleta de animais silvestres.

    De regresso a Portugal, voltou para a sua cidade onde estudou e sonhou ter como profissão a fotografia.

    Hoje, é discente do 2º ano de do curso superior de fotografia e Cultura Visual do IADE CRIATIVE UNIVERSITY e é ainda membro ativo e animadora da Tuna Académica.

    É voluntária da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, desde 2017 dando  apoio ao CA a idosos na Mouraria,  com atividade de retoque da autoimagem, através de reportagem fotográfica e estímulo da imagem pessoal das utentes do Centro de Apoio.

    Desenvolve ainda na Quinta Alegre um projeto de Fotojornalismo sobre as atividades das casas de acolhimento.

    Com este trabalho,  pretende retratar a vida das pessoas em algumas residências temporárias da SCML, de forma a poder mostrar os recursos e as condições existentes nestas unidades.

    Considera que poucas  pessoas da sociedade civil  têm conhecimento da sua existência, por isso tem como objetivo principal, poder divulgar este trabalho, para dar a entender melhor à sociedade civil a ação das residências temporárias e permanentes, bem como o impacto destas na vida dos utentes e das suas famílias.

    É sua intenção desmistificar a institucionalização pelo que,  após conclusão da pesquisa será feito um livro com legendas, bem como uma exposição que será realizada na SCML com o apoio e intervenção do IADE CREATIVE.

    Realiza  também um estágio Extra Curricular em Fotografia na SCML, onde desempenha a sua arte fotográfica acompanhando as atividades  da Orquestra Geração.

    Formou-se como animadora de colónias de férias e é autora de uma Web Page de contos Juvenis.

    Apesar de ser uma jovem fotógrafa, é bastante dedicada e segue o trabalho do fotografo Charlie Hamilton James, como um dos exemplos de rigor e qualidade, tendo participado no ano de 2018 no National Geographic Summit, para conhecer de perto o trabalho deste jornalista fotográfico.

    Criou um álbum de fotojornalismo como projeto final do ano letivo de 2018, com temática fotográfica sobre a poluição nas praias , tendo como o título ” Costa Pacífica”.

    É autora da página profissional  Flickr Rita Ilheu, onde se podem apreciar  as imagens da sua expedição ao Kruger Park em South Africa.

    Fique atualizado sobre este evento

    Assine a nossa newsletter

    0